Notícias

Escultura dos 300 anos do Palácio Nacional de Mafra é obra de Maria João Bahia

"Uma escultura em aço cortén e pedra lioz introduz a contemporaneidade no espaço monumental do Real Palácio de Mafra. Com assinatura da joalheira Maria João Bahia, comemora com originalidade o tricentenário da edificação da obra de D. João V.

Um grande círculo de aço cortén trabalhado, assente sobre um pedestal de lioz, da autoria de Maria João Bahia, presta homenagem ao conjunto de edifícios históricos e museológicos de Mafra, por ocasião das festas dos 300 anos passados sobre a instalação da primeira pedra do Real Palácio de Mafra. Trata-se de uma escultura concebida com materiais ditos «de hoje», desenhada para dialogar com o monumento considerado expoente do barroco português - conjunto constituído por paço real, convento e basílica, a que se junta um pouco mais adiante a tapada.

O conjunto de dois carrilhões do Convento, únicos no mundo, compostos por 98 sinos, constitui motivo de inspiração para Maria João Bahia, mas o que também a motivou foi a corrente artística do chamado barroco joanino de que Mafra é emblema mundial. A peça está instalada no caminho entre o Palácio-Convento e o Jardim do Cerco, como uma nota artística contra-corrente lançada sobre a antiguidade dos edifícios em redor."  Em Essential Lisboa


Mais notícias sobre a Escultura e Inauguração: Caras, VIP Portugal